Principais Modalidades do Longboard



São Francisco, California. Final da década de 50. Surfistas entediados pela falta de ondas decidem criar  o longboard‌  com madeiras e trucks de patins para que pudessem fazer os movimentos do surf no asfalto.

Desde que foi criado, diversas modalidades surgiram, cada uma com uma pegada diferente: O downhill por exemplo, focado mais na velocidade e outras, como o street, se assemelhando muito com  o skate‌  tradicional. Abaixo um breve resumo das principais modalidades e alguns videos para exemplifica-las.

CARVING

O carving é a modalidade de origem d o longboard‌  e os skatistas geralmente a praticam descendo ladeiras e montanhas. Eles sempre faz zigue-zagues e curvas de maneira suave. A idéia é realmente simular o surf no asfalto. Essa é uma boa modalidade para quem está começando a praticar esse esporte. Além de pegar prática com os movimentos do longboard, o skatista se adapta a velocidade.

DOWNHILL

Uma das modalidades principais do longboard. O foco do skatista é sempre a velocidade. Nas competições é muito comum o atleta atingir mais de 100km/h. É fundamental para a prática do downhill o uso de macacão de couro e capacete específico, que assegura maior proteção.

FREERIDE

No freeride o skatista desce ladeiras fazendo slides e outras manobras. Essa modalidade é onde podemos ver um maior repertório do skatista, que usa velocidade e técnica para manobras.

SLALOM

O objetivo é dessa modalidade é principalmente desviar e contornar objetos. Exige muita habilidade do skatista.

STREET

Bem parecido com  o skate‌  tradicional, o street é praticado nas ruas e pistas fazendo uso de manobras em corrimões e rampas.

É válido lembrar que para qualquer modalidade, seja ela downhill, slalom, street, freeride ou carving, é muito importante o uso de equipamentos de segurança, como capacetes, joelheiras, cotoveleiras e luvas. Abaixo um video com alguns fails com longboard:




Artigos semelhantes

Mountain Bike, Bicicleta para trilha ou MTB

Mountain Bike, Bicicleta para trilha ou MTB

Não é de hoje que o ciclismo está em alta, seja ele o urbano, speed, cicloturismo ou mountain bike. Está cada vez mais normal pessoas que fazem trilhas de bike e percorrem quilômetros pedalando. Dentro desse cenário, as mountain bikes ou bicicleta para trilha estão cada vez mais sendo procuradas por sua versatilidade. Com essas bicicletas você consegue fazer uma pedalada urbana, consegue praticar cicloturismo e além disso faz com segurança suas trilhas. É claro que sempre temos uma perda quando não utilizamos bikes específicas para cada modalidade, mas com uma mountain bike você reduz esse déficit.


Comentários (0)

Deixe um comentário