Trilhas Chapada dos Veadeiros - Cachoeira Vale da Lua

Publicado em julho 6th, 2015 | por Rafael Avila

3

Chapada dos Veadeiros – Almécegas e Vale da Lua

Veja como chegar na Fazenda São Bento, aproveitar as cachoeiras Almécegas, onde almoçar e ainda visitar o Vale da Lua no mesmo dia!

Se o primeiro dia na Chapada dos Veadeiros foi corrido, o segundo tem tudo para ser bem mais tranquilo. Afinal de contas, você não precisa fazer grandes deslocamentos, não tem trilha longa para chegar em nenhuma das cachoeiras e o passeio é bem agradável.

Pro seu segundo dia na Chapada dos Veadeiros eu recomendo fortemente que você visite as cachoeiras Almécegas 1 e Almécegas 2, a cachoeira São Bento e o Vale da Lua. Quando chegar nos meus macetes lá no final, vou te indicar uma outra também, mas essa é só pra quem gosta de acordar cedo para aproveitar e conhecer o máximo de lugares. Para começar, pegue seu carro e vá para a Fazenda São Bento.

Como chegar na Fazenda São Bento

Saindo da sua pousada, hotel ou casa alugada (em Alto Paraíso de Goiás), basta pegar a estrada para São Jorge (GO 239) por 8 km que você verá a entrada da Fazenda e Pousada São Bento do seu lado esquerdo. Caso você esteja em São Jorge, são mais ou menos 28 km até lá.

Chapada dos Veadeiros - Fazenda e Pousada São Bento - Entrada

Entrando na Fazenda São Bento, você tem algumas opções. Se quiser, a cachoeira São Bento fica a apenas 300m de distância, ou pode continuar dirigindo por cerca de 3 km até chegar nas Almécegas. Recomendo que você faça isso

Cachoeiras Almécegas 1 e 2

Primeira parada: Cachoeira Almécegas 2

Eu recomendo vir primeiro nessa, porque a caminhada é mais fácil e mais rápido. Depois você pode ir na Almécegas 1 e ficar o tempo que quiser. A cachoeira vai descendo e se quiser você precisa passar meio que pelo meio da cachoeira para ir na piscina natural lá embaixo. Nada muito preocupante ou difícil.

Chapada dos Veadeiros - Cachoeira Almécegas 2

O legal das Almécegas 2 é aproveitar a profundidade da piscina natural e praticar “saltos ornamentais”. Brincadeiras a parte, para quem gosta de se jogar de lugares altos, aqui você deve ter uns 3 ou 4 pontos de alturas diferentes para escolher.

Chapada dos Veadeiros - Cachoeira Almécegas 2 - Pulo na Água

Segunda parada: Cachoeira Almécegas 1

Depois de aproveitar o quanto quiser na Almécegas 2, você pode pegar seu carro novamente e partir para a cachoeira Almécegas 1. Aqui a trilha que você vai fazer é um pouquinho maior, mas nada demais. Vale a pena tirar umas fotos antes de chegar na cachoeira. Tem um ponto que quase todo mundo pára e acho que você vai ficar com vontade também.

Chapada dos Veadeiros - Cachoeira Almécegas 1 - Trilha

Se tem uma cachoeira que tem uma energia super positiva é essa. Gostosa de se ficar e boa de aproveitar a ducha da queda natural da água (que deve ter uns 50 metros de altura no total).

Chapada dos Veadeiros - Cachoeira Almécegas 1

Cachoeira São Bento

Para fechar o seu passeio na Fazenda São Bento, você pode ir na cachoeira com o mesmo nome. Essa é a menos impressionante das 3, mas ainda assim tem uma bela piscina natural e uns bons espaços para relaxar.

Chapada dos Veadeiros - Cachoeira São Bento

Parada para Almoço

Depois de andar um bocado e passar pelas 3 cachoeiras é bem provável que tenha dado fome. Nessa hora, você pode ficar tentado a ir no restaurante que tem na Fazenda São Bento. Acontece que o preço dele é bem salgado. Para você ter uma ideia, só pela comida você vai morrer em R$50 por pessoa.

Na minha opinião não vale nem um pouco a pena. Então vou sugerir 2 opções:

1 – Rancho do Waldomiro – onde você pode desfrutar o prato típico do Cerrado, a matula, que é uma espécie de feijoada feita com feijão branco ou mulato, carne de sol, miúdos de porco e mandioca. Como nunca comi, não sei dizer se é bom ou ruim, já ouvi opiniões falando bem e mal. Na dúvida vale a pena ir conhecer. Fica no km 19 da Estrada para São Jorge

Chapada dos Veadeiros - Rancho do Waldomiro - Matula

2 – Se você não é chegado em experimentar comidas diferentes, pode fazer o simples, ir até São Jorge e almoçar em algum restaurante por lá. Como o vilarejo fica muito perto do Vale da Lua, acaba sendo um pouco do caminho.

Vale da Lua

Em qualquer uma das duas opções você estará perto o suficiente da nossa próxima cachoeira. Agora que você se alimentou e já está pronto para dar continuidade ao nosso segundo dia, pode ir para o Vale da Lua, local conhecido por formações rochosas diferenciadas.

Chapada dos Veadeiros - Cachoeira Vale da Lua

Caso você não tenha comido, na entrada da Fazenda você tem uma lanchonete com uns pastéis bem gostosos.

Formações Rochosas

Não existe muito o que falar do Vale da Lua, só que se você tiver viajado na época das chuvas, provavelmente a água vai estar um pouco mais turva e existe o risco de trombas d`água. Se você for na época de seca, provavelmente vai conseguir aproveitar um pouco mais das piscinas naturais (quando fui 3 das 4 piscinas estavam fechadas para banho).

Chapada dos Veadeiros - Vale da Lua

 

Dependendo do horário que você sair daqui, já vai estar começando a escurecer e é hora de ir de volta para sua hospedagem para tomar um banho e descansar para o terceiro dia de viagem.

Macetes do Rafa

Se você é um dos meus, curte conhecer o maior número de lugares que puder. Nesse caso, esse segundo dia tem espaço para mais uma cachoeira bem cedinho. Aquela que você não precisa ficar muito tempo, mas dá uma passada para conhecer e ver se realmente gosta ou não.

Aqui é importante que seja uma cachoeira próxima de onde você está e acessível. É por isso que eu indico a Loquinhas, que preenche todos esses pré-requisitos. Ela fica muito próxima de Alto Paraíso de Goiás, o acesso é extremamente fácil e ela é bem agradável. Poderia dizer que é aquele mergulho para despertar e ir energizado para as outras cachoeiras do dia.

Chapada dos Veadeiros - Cachoeira Loquinhas

Duas outras coisas para lembrar:

  • Não almoce no restaurante da Fazenda São Bento
  • Primeiro Almécegas e depois Vale da Lua

Tags: , , , , , , , ,


Sobre o Autor



  • Milena Lins

    Rafa, muito bom seu blog! Já fui varias vezes pra Chapada e posso confirmar muitas coisas que diz e tb me deu novas dicas! Obrigada!

    • Eu que agradeço o comentário Milena. A Chapada realmente é incrível e fico feliz de saber que consegui te ajudar com algumas dicas novas. Se você tiver alguma para contribuir por aqui vai ser excelente ouvir (ler) também!

    • Rafael

      Eu que agradeço o comentário Milena. A Chapada realmente é incrível e fico feliz de saber que consegui te ajudar com algumas dicas novas. Se você tiver alguma para contribuir por aqui vai ser excelente ouvir (ler) também!

Voltar ao Topo ↑
  • Fique por Dentro

  • Categorias

  • Agenda de Posts

    dezembro 2018
    D S T Q Q S S
    « maio    
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  
  • Comentários